Ciência / Tecnologia: Cientistas obtêm imagem de neve em sistema planetário jovem

Cientistas obtêm imagem de neve em sistema planetário jovem



Uma equipe de astrônomos obteve pela primeira vez a imagem de uma linha de neve em um sistema planetário jovem, afirma o Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês). A descoberta ocorreu utilizando equipamentos do projeto Alma (sigla para Grande Conjunto Milimétrico/Submilimétrico do Atacama), "supertelescópio" situado na América do Sul.

A linha de neve identificada situa-se no disco que rodeia a estrela TW Hydrae, de acordo com os pesquisadores.
Fenômenos desse tipo, ao surgir em torno de estrelas jovens, costumam formar-se em regiões frias e distantes dos discos de poeira dos astros - a partir dos discos, podem surgir sistemas planetários.

Na Terra, linhas de neve formam-se a altitudes elevadas, quando baixas temperaturas fazem com que a umidade do ar se transforme em neve. "A linha é claramente visível em uma montanha, no local onde o pico coberto de neve termina e a face rochosa descoberta começa", afirmaram os cientistas do ESO, em nota.

A descoberta dos astrônomos mostra o primeiro indício da existência de uma linha de neve de monóxido de carbono em torno da TW Hydrae, uma estrela jovem, situada a cerca de 175 anos-luz da Terra. O sistema planetário em formação pode vir a ter características parecidas com as da "juventude" do Sistema Solar terreno, quando ele possuía apenas alguns milhões de anos.

Fonte: G1
Foto: Divulgação/ESO
Página anterior Próxima página