CIÊNCIA / TECNOLOGIA

Máquina alemã que codificava textos na 2ª Guerra é leiloada por R$ 733 mil


Um exemplar autêntico da Máquina Enigma, usada pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial para codificar mensagens, foi leiloado nesta terça-feira (14) por mais de 149 mil libras, o equivalente a R$ 733 mil.

Os códigos enviados pela Enigma foram quebrados pelo matemático e cientista da computação Alan Turing (1912-1954), o "pai da computação", e seu grupo em Bletchley Park. O esforço da equipe foi retratado pelo filme “O Jogo da Imitação”, vencedor do Oscar de 2014 na categoria de melhor roteiro adaptado.

A máquina leiloada pela Sotheby’s, de Londres, foi fabricada em 1943. Muitas delas foram destruídas pelos próprios alemães à medida que perdiam espaço e tinham que recuar durante o conflito. Por isso, são muito raras, o que fez a Sotheby’s estimar o valor arrecadado entre o equivalente a R$ 245 mil e R$ 344 mil. O lance vencedor, porém, teve valor quase duas vezes maior que o teto da expectativa da casa de leilões e foi dado por um comprador não identificado.

A tecnologia por trás das máquinas Enigma foi patenteada em 1919 e adotada pelos alemães na década seguinte. A função do aparelho era substituir letras de uma mensagem para que seu conteúdo não fosse entendido caso caísse em mãos erradas. A Enigma é capaz de criar 159 milhões de milhões de milhões de possibilidades diferentes de combinação por dia.

Fonte: G1
Foto: Divulgação Sotheby's

Postagens mais visitadas