Ciência / Tecnologia: Rússia quer enviar astronautas à Lua em 2029

Rússia quer enviar astronautas à Lua em 2029



A Rússia planeja realizar seu primeiro voo tripulado para a Lua em 2029, anunciou nesta terça-feira (27) Vladimir Solntsev, diretor da estatal russa Energia, que concebe e desenvolve veículos espaciais.

"Em 2029, faremos um voo tripulado rumo à Lua e irão desembarcar no satélite", declarou Solntsev, citado pela agência de notícias russa Ria Novosti durante uma Conferência sobre Tecnologias Espaciais em Moscou.

Segundo Vladimir Solntsev, a Rússia vai iniciar em 2021 os testes de uma nave espacial especialmente concebida para ir à Lua. A aeronave deve realizar, a partir de 2023, voos rumo a Estadão Espacial Internacional (ISS), antes de ser enviada vazia para a Lua em 2025.

A Agência Espacial Europeia (ESA) anunciou há uma semana a ideia de criar uma "cidade lunar" internacional, que poderia ser construída pouco a pouco graças a robôs, e anunciou colaborar com a missão russa Luna 27, prevista para 2020.

Luna 27
A missão russa Luna 27 prevê o envio de um módulo de exploração lunar com o objetivo de ir até as regiões onde foram encontrados depósitos de gelo.
Em 2029, faremos um voo tripulado rumo à Lua e irão desembarcar no satélite", Vladimir Solntsev, diretor da estatal russa Energia.

Cinquenta e quatro anos após o voo de Yuri Gagarin, primeiro homem no espaço, enviar um homem à Lua continua uma grande ambição da Rússia que encarou como uma afronta o fato de ser ultrapassada pelos norte-americanos nesta conquista em 1969.

Moscou tenta avançar há algum tempo com este projeto, mas deve lidar com um setor espacial minado pela corrupção e rombos orçamentários.
Após a perda de diversas espaçonaves por causa de lançamentos fracassados, Moscou apresentou um projeto de reforma de sua indústria espacial, transformando a agência espacial Roscosmos em empresa pública, prevendo aumentar os salários e combater a corrupção.

Fonte: G1
Foto: Nasa/Project Apollo Archive
Página anterior Próxima página