Ciência / Tecnologia: Curto-circuito derruba eletricidade na Estação Espacial Internacional

Curto-circuito derruba eletricidade na Estação Espacial Internacional



Um curto circuito derrubou uma das fontes de energia da ISS (Estação Espacial Internacional) nesta segunda-feira (16), e astronautas podem ter de passar mais de dois meses com disponibilidade limitada de eletricidade.

Segundo a Nasa, o problema pode ser reparado do lado de fora da estação, com astronautas saindo no espaço aberto, mas antes é preciso enviar da Terra até lá um foguete com uma peça de reposição.

A Nasa afirmou que os seis astronautas têm ainda outras sete fontes de energia nos aposentos da estação, que foram redirecionadas para os dispositivos afetados pela queda de energia.

É a segunda vez que a ISS sofre uma falha desse tipo. Em 2014, astronautas já tiveram de sair ao espaço para fazer consertos do lado de fora. Daquela vez, porém, havia peças sobressalentes a bordo para a realização do trabalho, e não foi preciso aguardar reforço.
Agora, as próximas peças devem chegar à ISS apenas de carona em um foguete terceirizado.

Naves de uma das fornecedoras da Nasa, porém, a SpaceX, estão temporariamente impedidas de voar, desde que um foguete falhou em junho. Um novo voo só será possível a partir de meados de janeiro, diz a empresa.

O outro fornecedor comercial da Nasa, a Orbital ATK, também teve um foguete destruído um ano atrás, e já está em vias de retomar trabalhos. Uma nova espaçonave deve ser lançada em 3 de dezembro, mas seu compartimento de carga já está lotado, então os astronautas devem mesmo ter de esperar cerca de dois meses.

Fonte: G1
Foto: Nasa
Página anterior Próxima página