Ciência / Tecnologia: Espanha confirma segundo caso de malformação cerebral por zika

Espanha confirma segundo caso de malformação cerebral por zika



O Ministério da Saúde da Espanha confirmou nesta segunda-feira (6) a existência de um segundo caso de malformação cerebral no feto de uma grávida infectada na América Latina pelo vírus da zika.

Trata-se uma mulher residente em um país latino-americano que viajou à Espanha, onde apresentou sintomas da doença enquanto estava no primeiro trimestre da gravidez.

No segundo trimestre foram detectadas malformações cerebrais no feto e depois a mulher, sobre a qual não foram dados detalhes, "solicitou a interrupção voluntária da gestação".

O primeiro caso foi divulgado em 5 de maio na região da Catalunha, no nordeste do país, com uma mulher que teria sido infectada em uma viagem à América Latina, e que teve malformações cerebrais importantes detectadas no feto no segundo trimestre de gravidez.

Neste caso da Catalunha, a mulher decidiu seguir com a gestação.

No relatório sobre a avaliação rápida do risco de transmissão de doença pelo vírus da zika na Espanha publicada pelo Ministério da Saúde, em 30 maio tinham sido notificado 140 casos importados de infecção (132 confirmados e 8 prováveis) e dos quais 21 eram em grávidas.

Segundo este documento, os fetos de duas destas grávidas apresentaram "anomalias congênitas relacionadas com uma causa infecciosa".

Fonte: G1
Foto: A/D
Página anterior Próxima página